EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Angola reporta mais sete casos de covid-19 e sobe para 43 no total

Virus Outbreak Florida
Virus Outbreak Florida Direitos de autor John Raoux/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor John Raoux/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As autoridades angolanas explicaram que quatro dos sete novos casos dizem respeito a cidadãos guineenses.

PUBLICIDADE

Os casos de covid-19 em Angola subiram hoje de 36 para 43, com o diagnóstico confirmado de mais sete doentes com ainfeção provocada pelo novo coronavírus.

Segundo o secretário de Estado da Saúde Pública de Angola, Franco Mufinda, trata-se de quatro cidadãos guineenses e três angolanos.

“Começamos a ter um cenário complicado. Ainda são casos de transmissão local, mas vamos trabalhar cada vez mais, estamos a realizar estudos aleatórios em todas as províncias para ter uma imagem do que está a acontecer com a nossa população”, afirmou Franco Mufinda.

O secretário de Estado reforçou a recomendação de que “convém ficar em casa”, porque “começa a ficar cada vez mais complicado”, e pediu à população para que cumpra as medidas de prevenção, incluindo o uso de máscaras e a lavagem das mãos.

Quatro dos novos casos são contactos diretos do caso n.º 31, um cidadão de 36 anos, comerciante, residente no bairro Hoji Ya Henda, que chegou a Luanda em 17 de março de 2020.

Os restantes três são contactos do caso n.º 26, proveniente de Portugal em 18 de março, e conta com um total de 11 resultados positivos acumulados num total de 32 contactos.

Os dois casos mais antigos encontram-se em quarentena institucional desde o diagnóstico e serão encaminhados para um centro de tratamento nas próximas horas, adiantou Mufinda.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo

Rishi Sunak pede desculpa aos familiares das vítimas da Covid-19

Rei da Suécia entrega os Prémios Nobel de 2023