Última hora
This content is not available in your region

Europa avança a velocidades diferentes no "desconfinamento"

euronews_icons_loading
Europa avança a velocidades diferentes no "desconfinamento"
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Vários países europeus vivem este domingo o último dia de confinamento mas com o temor do regresso de uma nova onda de uma pandemia que já infetou quatro milhões de pessoas em todo o mundo.

Na Bélgica, o caminho para a reabertura é longo. As escolas só arrancam no dia 18 mas tudo já está a ser preparado. "Nós asseguramos que há sempre espaço suficiente entre todos os estudantes e espaço para que o professor se possa mover com facilidade", explica Philippe Rassart, conselheiro para a prevenção do Instituto Saint-Boniface Parnasse, em Bruxelas.

Mais, durante as aulas, o uso de máscaras vai ser obrigatório para alunos maiores de 12 anos.

Em França, as autoridades preocuparam-se em distribuir máscaras que serão de uso obrigatório nos transportes públicos.

À semelhança de outros países, a Roménia também se prepara para reabrir a economia, mas sob duras medidas de segurança. Nas grandes empresas, todos os esforços estão a ser feitos para manter distancias.

O regresso aos locais de trabalho acontece no dia 15. Estima-se que apenas um terço dos funcionários vai deslocar-se às instalações.