EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Retomar rotinas em Milão

Retomar rotinas em Milão
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Italianos voltam progressivamente aos hábitos mas vários serviços continuam encerrados.

PUBLICIDADE

Foi o primeiro país europeu a fechar-se. Agora é altura de recomeçar o caminho. Em Itália, já é possível ir a um restaurante ou a uma loja. Já é possível visitar os mais próximos, sempre, claro, respeitando as distâncias.

O jornalista Alessio Dell'Anna explica-nos como é andar por Milão por estes dias, no arranque da chamada "fase 3", dizendo que, ao fim de dois meses, chegou o "tão esperado momento: ir cortar o cabelo". Se o tempo de espera não for demasiado longo.

Não foi e a máscara teve de sair para que o barbeiro pudesse fazer o trabalho com precisão. De resto, o distanciamento é respeitado. Ninguém espera dentro do estabelecimento. Os clientes devem usar o gel desinfetante e ficam sentados a mais de um metro de distância. O tempo de espera é aceitável.

A Via Pietro Borsieri, no bairro de Isola, é um local muito procurado para o famoso aperitivo. No entanto, por agora, não se vê muita gente nesta área. Há vários restaurantes que ainda estão fechados, só fazem serviço de entrega. Muitos deles estão a levar algum tempo para equipar-se devidamente com dispositivos de segurança.

É claro que, para quem esperava beber uma cerveja numa esplanada, por exemplo, este é o momento.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Museu italiano recria floresta de borboletas da Tanzânia

Chuvas torrenciais provocam inundações e caos no norte de Itália

Centenas de residentes em Veneza manifestam-se contra “taxa de entrada” para turistas