EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Espanha cumpre 10 dias de luto nacional

Espanha cumpre 10 dias de luto nacional
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os 10 dias de luto nacional começam esta quarta-feira. Mais de 14 mil edifícios públicos em todo o país vão ter as bandeiras a meia haste.

PUBLICIDADE

Espanha começa a cumprir a partir desta quarta-feira 10 de dias de luto pelas quase 27 mil vítimas mortais da Covid-19.

De acordo com o governo, as bandeiras vão estar a meia haste em mais de 14 mil edifícios públicos. O rei Felipe VI vai presidir a uma cerimónia solene em memória dos que morreram, assim que o país eliminar as restrições ligadas à pandemia.

E aqueles que lutaram para que o número de vítimas não fosse tão elevado também estão de luto e em luta. Os profissionais de saúde exigem que o governo contrate os que foram recrutados para reforçar o sistema de saúde. Querem igualmente equipamento adequado para o duro combate que se trava nos hospitais.

"Têm que nos dar as ferramentas necessárias, têm que nos dar cuidados de saúde para todos, têm que nos dar garantias de descanso e temos que ter equipamento protetor adequado para trabalhar nas melhores condições", diz um enfermeiro dos cuidados intensivos.

"O nosso papel é tomar conta dos pacientes e como profissionais vocacionados queremos fornecer cuidados de qualidade. E não podemos fazer isso se não tivermos ao nosso alcance os recursos e o pessoal necessários. Com a Covid chegaram muitos reforços e quero tornar muito claro que eles não são reforços, é pessoal necessário", explica outra enfermeira.

De acordo com o ministério da Saúde, cerca de 52 mil enfermeiros e médicos foram contaminados com o coronavírus em Espanha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Catedral de Santiago de Compostela reabre em julho

Espanha recusou autorização para escala a navio que transportava armas para Israel

Vitória socialista nas eleições catalãs põe fim ao domínio pró-independência