Última hora
This content is not available in your region

Dia Mundial do Ambiente celebra a biodiversidade

euronews_icons_loading
Dia Mundial do Ambiente celebra a biodiversidade
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Dia Mundial do Ambiente, as Nações Unidas recordaram acontecimentos trágicos muito recentes, como os incêndios devastadores no Brasil, Estados Unidos e Austrália, para falar no estado de emergência climática.

A responsável do Programa Ambiental da ONU, Inger Andersen, realça que abriu-se "uma janela de oportunidade única para não regressarmos ao ponto onde estávamos" e que chegou o momento de "gerar mais empregos verdes, de adaptar as estruturas dos edifícios, de criar mais ciclovias nas cidades ou, como fez o Paquistão, plantar árvores numa escala massiva".

E se o tema deste ano é a biodiversidade, nada mais oportuno do que falar das consequências da sobre-exploração dos habitats naturais.

A primatóloga Jane Goodall aponta que, "durante anos, as pessoas recusaram dar ouvidos aos cientistas que estudavam a transmissão de vírus dos animais para os humanos. E a razão consiste no desrespeito pelo ambiente. Temos abatido florestas inteiras, forçando o contacto entre animais e pessoas, o que permite que um vírus faça isto".

Uma das iniciativas da ONU para este Dia Mundial do Ambiente foi lançar uma campanha chamada "Corrida para o Zero", que instiga os países a tentarem alcançar zero emissões de gases com efeito de estufa até 2050.