EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Presidente angolano elogia Portugal no combate à Covid-19

João Lourenço durante a cerimónia de apresentação de cartas credenciais dos embaixadores de Portugal e Egito
João Lourenço durante a cerimónia de apresentação de cartas credenciais dos embaixadores de Portugal e Egito Direitos de autor AMPE ROGÉRIO/ 2020 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Direitos de autor AMPE ROGÉRIO/ 2020 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
De  Euronews com LUSA
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Numa mensagem enviada ao Presidente português, a propósito do 10 de junho, João Lourenço escreveu que o país deve celebrar a forma exemplar como tem conseguido conter a propagação da pandemia

PUBLICIDADE

O Presidente angolano, João Lourenço, elogiou o trabalho de Portugal no combate à Covid-19, numa mensagem evocativa do 10 de junho, em que defende o "contínuo estreitamento das relações de amizade e de cooperação" entre os dois países.

Em mensagem enviada ao Presidente da República Portuguesa, João Lourenço escreveu que Portugal deve aproveitar as celebrações do Dia de Portugal, Camões e Comunidades Portugueses para “comemorar conquistas importantes no plano sanitário, pela forma exemplar e eficaz como tem conseguido até aqui controlar e conter a propagação da Covid-19".

Lourenço considera o 10 de Junho como data memorável para Portugal e expressou a sua convicção que o fortalecimento das relações "vai concorrer para a materialização das várias iniciativas e projetos de interesse mútuo".

O reforço dos laços diplomáticos irá “ajudar certamente a impulsionar o desenvolvimento de Angola e a consolidação das realizações de Portugal, em todos os domínios da vida nacional do vosso país", pode ler-se na mensagem hoje divulgada.

Angola e Portugal mantêm relações bilaterais há décadas e têm acordos de cooperação nos domínios do ensino, ciência e tecnologias, investigação, medicina, entre outros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo angolano diz que já gastou 64 milhões de euros no combate à pandemia

Covid-19: Angola com um total de 92 infetados

Covid-19: Concertos online para “ajudar artistas” angolanos