Última hora
This content is not available in your region

O Judo e a importância da Honra

euronews_icons_loading
euronews
euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Não se é judoca sem respeitar valores e ter orgulho na pessoa que somos. Os atletas Paula Pareto, Axel Clerget e Soumiya Iraoui falam sobre a importância da honra no desporto e para a formação de carácter.

Não se trata de ter força, mas sim de saber como usar a força
Paula Pareto
Judoca

Paula Pareto (Argentina)

A judoca argentina foi campeã olímpica em 2016 no Rio. Pareto foi medalhista olímpica de bronze em 2008 em Pequim e conquistou o título mundial em 2015 em Astana, prata no Mundial de 2014 e bronze em 2018 em Baku. Ganhou mais de 15 grandes eventos. Ganhou a medalha de ouro no Grand Prix em Cancun, em 201,8 e no Grand Slam de Ecaterimburgo, em 2019. Ficou no primeiro lugar do Ranking Mundial do IJF em 2015 e 2016. Ganhou o título pan-americano em 2019, em Lima.

Axel Clerget (França)

Ganhou o bronze nos Campeonatos Mundiais de Tóquio, em 2019, e Baku, em 2018. Abriu 2019 com uma vitória no Grand Prix em Tel Aviv. Clerget conquistou a prata no Grand Slam em Abu Dhabi e no Grand Slam em Tóquio, em 2016. Clerget venceu as Taças do Mundo em Liverpool, Casablanca e Minsk. Em 2009, ganhou o bronze no Grand Slam em Paris. Ganhou prata no Grand Slam em Paris, em 2017. Clerget ganhou prata no Campeonato Europeu de Varsóvia, em 2017.

Soumiya Iraoui (Marrocos)

Em 2018, conquistou a prata no Open Europeu de Roma. Ganhou a prata no Campeonato Africano na Cidade do Cabo e nos Jogos Africanos de Rabat, em 2019. Ganhou uma medalha de bronze no Grande Prémio de Tashkent em 2019. Conquistou uma medalha de bronze no African Open, em Dakar, em 2019.