Última hora
This content is not available in your region

Bruxelas investiga fusão entre PSA e Fiat

euronews_icons_loading
Bruxelas investiga fusão entre PSA e Fiat
Direitos de autor  Luca Bruno/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas está a investigar a fusão entre a Fiat Chrysler e a PSA da Peugeot-Citroën.

A comissão teme que o "casamento" entre os dois grupos levante questões em termos de concorrência no segmento dos veículos comerciais ligeiros. O grupo passaria a deter 30 % de quota de mercado na Europa, o que pode desleal para os seus adversários Renault e Ford, particularmente em 14 Estados-membros da UE e Reino Unido.

Para Margrethe Vestager vice-presidente da comissão e responsável da pasta da concorrência económica os veículos comerciais têm uma importância significativa e é preciso "assegurar a manutenção de um quadro concorrencial saudável".

A concretizar-se a fusão entre as construtoras, que será liderada pelo português Carlos Tavares, presidente da PSA, o grupo torna-se no quarto maior a nível mundial e poderá vir a controlar um terço do mercado de viaturas comerciais na Europa. A comissão tem até 22 de outubro para decidir se apoia ou não o negócio que não recebeu oposição dos EUA, China, Japão e Rússia.