EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

EUA criticados por açambarcamento de Remdesivir

EUA criticados por açambarcamento de Remdesivir
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Rodrigo Barbosa com AFP / Lusa
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Comissão Europeia diz estar a negociar compra de medicamento para tratar Covid-19

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos são alvo de críticas crescentes depois de terem anunciado a compra da quase totalidade dos próximos três meses de produção de Remdesivir, um antiviral usado para tratar a Covid-19.

Os testes preliminares com o medicamento produzido pela Gilead Sciences, empresa baseada na Califórnia, revelam uma recuperação mais rápida nos pacientes contaminados com o novo coronavírus.

Nunca vi um país açambarcar toda a produção de um medicamento para seu próprio uso, sem a partilhar. Devemos lembrar-nos que há pacientes na Europa que participaram nestes estudos e arriscaram a sua própria saúde para provar que este medicamento funciona. [A Europa] deve ser premiada, como continente, pelo que fez.
Andrew Hill
investigador no Departamento de Farmacologia da Universidade de Liverpool

Esta terça-feira, a Comissão Europeia disse estar a negociar com a Gilead a compra e reserva do Remdesivir, sem no entanto avançar pormenores, frisando a "confidencialidade das conversações".

O medicamento já é usado em Portugal sob condições estritas. A utilização foi recentemente recomendada pela Agência Europeia do Medicamento para adultos e jovens com mais de 12 anos, que sofram de pneumonia e necessitem de receber oxigénio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Houthis reivindicam ataques a contratorpedeiro dos EUA e a dois navios petroleiros

Análise: navios russos enviados para Cuba são uma "demonstração de força" de Putin

Jornalista norte-americano Evan Gershkovich vai ser julgado na Rússia por espionagem