Última hora
This content is not available in your region

Governo assume controlo público da TAP

euronews_icons_loading
Governo assume controlo público da TAP
Direitos de autor  MÁRIO CRUZ/ 2020 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Tamanho do texto Aa Aa

O governo português e os acionistas privados da TAP chegaram a um acordo com vista a evitar a falência da empresa.

O governo aumenta a participação na Transportadora Aérea Portuguesa de 50% para 72,5%. O acordo permite também evitar a nacionalização da companhia área, mas caberá ao executivo português designar a nova equipa de gestão.

Nós estamos a falar de uma empresa crítica para a economia nacional e nós, quando olhamos para esta intervenção, não podemos limitar a nossa análise aos 1,2 mil milhões de euros que poderão ser injetados na TAP. Nós temos que avaliar o impacto da queda de uma empresa como a TAP na economia nacional.
Pedro Nuno Santos
Ministro das Infraestruturas

A operação custou ao Estado português 55 milhões de euros. O governo passa a ter o controlo público da TAP, embora em termos jurídicos não se trate de uma nacionalização da companhia, que emprega diretamente 10.000 pessoas.