Última hora
This content is not available in your region

Icónico La Scala reabre portas depois de 4 meses encerrado

euronews_icons_loading
Icónico La Scala reabre portas depois de 4 meses encerrado
Direitos de autor  Antonio Calanni/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Máscara obrigatória, teste de temperatura e muita emoção. O mítico La Scala reabriu novamente ao público depois de quatro meses encerrado por causa do coronavirus e contou com a presença do governador da Lombardia, a regiao italiana mais afetada pela Covid-19, e o presidente da câmara de Milão, entre as 600 pessoas autorizadas a assistir aos concertos.

O diretor-geral, Dominique Meyer, explica o que pensa sobre as medidas "anticovid" impostas pelas autoridade. "Já ficamos satisfeitos por ter havido decisões porque permite-nos acolher 600 pessoas. Noutros países, sei que governos autorizaram apenas 100 pessoas, 100, independentemente do tamanho das salas, e isso é um absurdo. Aqui decidiram pelo distanciamento social para proteger as pessoas, tendo em conta os 2000 lugares do teatro", disse.

Com 242 anos, o teatro La Scala continua a ser palco das emoções não só da ópera mas também de um regresso aos espetáculos.