Última hora
This content is not available in your region

Abre-se o pano nos teatros do Uruguai

euronews_icons_loading
Auditório Nacional do Uruguai
Auditório Nacional do Uruguai   -   Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Abre-se o pano nos teatros do Uruguai. Espera-se que a comédia comece a subir ao palco depois do drama da pandemia.

É o primeiro país da américa-latina a abrir as portas da cultura após as medidas restritivas. Agora, para além do bilhete, é preciso medir a temperatura e manter a distância de segurança.

Esta é a primeira sala da região que pode reabrir e isso significa que este foi o país que melhor implementou as políticas sanitárias e, portanto, foi a sociedade que melhor respondeu a esta crise sanitária.
José Miguel Onaindía
Diretor Artístico - Auditório Nacional do Uruguai

A capital, Montevidéu, assinalou a reabertura do Auditóri o Nacional com uma apresentação gratuita do coro nacional que reuniu mais de 400 espectadores, numa sala com capacidade para receber 1800.

As medidas de segurança não ficam à porta, é preciso deixar dois lugares vazios entre casa espectador - mesmo entre pessoas acompanhadas. Um pequeno preço a pagar, para que o espectáculo possa recomeçar.