Última hora
This content is not available in your region

Máscaras, patrulhas, multas. Assim se combate a covid-19 na Europa

euronews_icons_loading
Máscaras, patrulhas, multas. Assim se combate a covid-19 na Europa
Direitos de autor  AP/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Outrora reino do sol e do glamour, Saint-Tropez é hoje o mais recente palco da restrição das medidas contra a covid-19. A partir deste fim de semana, a cidade francesa entra para a lista de localidades onde o uso de máscara é obrigatório em todos os espaços públicos, dentro e fora de portas.

Para quem desrespeitar as novas regras está estipulada uma multa de 135 euros.

Georges Giraud, vice-presidente da autarquia explica que "se as pessoas não tiverem uma máscara, (...), o agente da polícia dá-lhes uma. Isto, apenas durante o fim de semana", uma vez que, "a partir de segunda-feira, as pessoas que não tiverem máscara se arriscam a ser multadas".

Na mesma semana, França registou mais de dois mil casos em 24 horas, Espanha quase 1900. O aumento dos contágios fez soar os alarmes nas zonas turísticas, onde os espaços de diversão noturna voltaram a encher.

Para controlar a propagação da doença, alguns municípios espanhóis criaram as "patrulhas covid", encarregadas de assegurar a aplicação das medidas sanitárias obrigatórias.

Sem esquecer essas boas práticas, centenas de trabalhadores da saúde manifestaram-se no Reino Unido, exigindo o reconhecimento do trabalho desempenhado durante a pandemia e um aumento salarial.