Última hora
This content is not available in your region

Nova surpresa para Lily

euronews_icons_loading
Nova surpresa para Lily
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Rostos com a felicidade estampada: São sobreviventes do holocausto que se preparam para embarcar num comboio para a liberdade - poucos meses depois da libertação. Entre eles, a sobrevivente de Auschwitz Lily Ebert, então com 21 anos.

"Inacreditável. Na vida, nunca acontecem coisas assim. Aconteceu-me a mim. Aconteceu e eu não acredito", conta.

75 anos depois, está em casa a ver estas imagens pela primeira vez e recorda-se: "Não foi uma libertação mas, de certa forma, foi. Foi uma libertação daquele lugar onde tivemos estas terríveis experiências".

Lily conseguiu, finalmente, falar com a família do soldado americano que lhe escreveu uma mensagem de boa sorte numa nota. A história tornou-se viral graças a um tweet feito pelo bisneto e a Euronews presenciou o reencontro há cerca de um mês e meio.

Agora, a história da nota trouxe uma nova surpresa e uma nova alegria a Lily. Alguém fez chegar ao bisneto estas imagens de arquivo do momento em que embarcou para a liberdade.

"Fiquei maravilhado. Soube imediatamente que era ela. Não conseguia acreditar, orgulhoso do que conseguimos apenas com um único tweet sobre uma nota há 2 meses", conta Dov Forman.

As imagens mostram sobreviventes do holocausto na Alemanha, entre eles Lily e as irmãs mais novas, quando se preparavam para embarcar num comboio para a Suíça.

"Prometi a mim mesma que se sobrevivesse contaria ao mundo o que realmente aconteceu. O meu bisneto está a ajudar-me e agora sei que tenho alguém que vai continuar", diz Lily.

É raro para os sobreviventes do Holocausto conseguirem encontrar filmagens como esta. Aos 96 anos, Lily teve a prova de que aquela nota velha, assinada por um soldado, não para de lhe trazer surpresas.