Última hora
This content is not available in your region

Começou voto por correspondência nos EUA

euronews_icons_loading
Começou voto por correspondência nos EUA
Direitos de autor  Gerry Broome/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Já se vota nas eleições norte-americanas: Mesmo se o ato eleitoral está marcado só para o dia três de novembro, os eleitores da Carolina do Norte já podem votar por correspondência e seguir-se-ão outros Estados nas próximas semanas. A pandemia de Covid-19, que já matou quase 200 mil pessoas nos Estados Unidos, é um fator que faz muitos eleitores afastar-se das urnas e optar pelo voto pelo correio.

Greg Flynn, presidente do comité eleitoral do Condado de Wake, diz que recebeu já 108 mil pedidos de boletins, enquanto para as eleições de 2016 recebeu apenas 28 mil, por isso há muita gente interessada em votar por correio.

O voto por correspondência tem sido alvo de muitas críticas e ataques por parte do presidente Donald Trump, que acusa o sistema de ser propenso a fraudes. Em declarações polémicas, chegou a incitar os eleitores da Carolina do Norte a votar duas vezes, para provar as falhas do sistema. O que é, obviamente, ilegal.