Última hora
This content is not available in your region

França aplica multa recorde contra Farmacêuticas

euronews_icons_loading
França aplica multa recorde contra Farmacêuticas
Direitos de autor  FABRICE COFFRINI/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

É a maior multa de sempre em França contra empresas farmacêuticas.

A autoridade francesa da concorrência multou em 444 milhões de euros os laboratórios suíços Novartis e Roche e a norte-americana Genentech.

São acusados de práticas abusivas de mercado para preservar as vendas de um medicamento que trata a degenerescência macular em detrimento de um concorrente trinta vezes mais barato.

A degenerescência macular é uma doença que afeta a parte central da retina do olho. É também uma das causas mais comuns de perda de visão nas pessoas com mais de 50 anos.

Segundo a autoridade da concorrência, as três farmacêuticas agiram em conjunto para evitar que um medicamento contra o cancro pudesse ser usado também no tratamento desta doença ocular, apesar de ter obtido resultados positivos.

O anticancerígeno Avastin custa cerca de 1,5 euros, bem menos que os 30 a 40 euros do Lucentis, o medicamento indicado para tratamento da degenerescência macular desenvolvido pela Genentch, que tem ligações de capital com os grupos suíços Roche e Novartis.