Última hora
This content is not available in your region

Comunidade Internacional condena execução de lutador iraniano

euronews_icons_loading
Comunidade Internacional condena execução de lutador iraniano
Direitos de autor  JUSTIN TALLIS/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade internacional e o Comité Olímpico mostraram-se chocados com a execução do lutador iraniano Navid Afkari, apesar dos apelos feitos a Teerão. Em Londres, no sábado, houve protestos em frente à Embaixada do Irão.

A Amnistia Internacional denuncia a forma como foi tratado o lutador. "Navid foi submetido a uma série chocante de violações dos Direitos Humanos e crimes após a sua prisão, incluindo tortura e desaparecimento forçado. Ele foi repetidamente torturado, física e psicologicamente, para confessar. E foi-lhe negado o acesso a um advogado durante toda a fase de investigação", frisa Raha Bahreini.

No Twitter, o Secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, condenou o "ato cruel" e disse que "as vozes do povo iraniano não serão silenciadas".

Em 2019, Afkari foi condenado à pena de morte pelo alegado assassínio de um funcionário público, durante os protestos de agosto de 2018.