Última hora
This content is not available in your region

Vinhos Espanhóis: uma diversidade de sabores

euronews_icons_loading
Vinhos Espanhóis: uma diversidade de sabores
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha é um produtor de vinhos muito diversos e de qualidade, com técnicas de produção únicas ligadas às suas tradições. O país é um dos maiores produtores de vinho do mundo.

Neste episódio de Here We Grow visitámos vinhas e adegas nas regiões de La Rioja e Penedés, na Catalunha, e Jerez de la Frontera, na Andaluzia.

La Rioja

As adegas de Bodega Rioja Alta são das mais antigas da região. Estamos quase na vindima e, por isso, é altura de observar a maturação das uvas com Julio Sáenz, o principal enólogo da adega.

Euronews
Julio SáenzEuronews

"Vejam a cor que fica na pele, vemos que já estão a ficar com esta cor avermelhada. Mas as sementes ainda estão verdes, só ligeiramente castanhas . Aqui juntam-se três condições : um local protegido pela Serra da Cantábria, o rio Ebro que entra em La Rioja e um solo muito pobre e com muito calcário que dá uma grande complexidade às uvas. E depois temos a variedade de uvas tempranillo, típica da Rioja para fazer grandes reservas".

Os vinhos de Rioja são únicos por causa da elegância, complexidade, frescura e longevidade. Depois das uvas serem colhidas, esmagadas e maceradas, o vinho produzido descansa nos barris de carvalho durante anos.

Penedés

Sant Sadurni d'Anoia é a "Capital do Cava ". Na região vivem mais de oitenta produtores. A Freixenet é uma empresa familiar e um dos maiores produtores mundiais de vinho espumante. Pedro Ferrer, vice-presidente e diretor executivo da empresa, explica a origem do negócio da família.

Euronews
Pedro FerrerEuronews

"A empresa foi fundada pelo meu bisavô e os meus avós. No século XIX produzíamos vinho fortificado.

Depois veio a praga da filoxera que matou todas as vinhas da Europa. E nesta região mudámos o negócio, passámos de vinhos fortificados para vinhos espumantes feitos pelo método tradicional".

Normalmente, o cava é feito com uma mistura de uvas locais. É importante que a segunda fermentação aconteça em adegas subterrâneas, porque a temperatura é fresca durante todo o ano.

Jerez de la Frontera

Jerez de la Frontera situa-se dentro do chamado Triângulo do Xerez, um dos vinhos mais antigos do mundo. O que é único nesta região é o solo: tem calcário, é muito árido, mas é capaz de reter muita água no subsolo. E é por isso que as videiras crescem.

Antonio Flores é o principal enólogo da González Byass, proprietária da icónica marca "Tio Pepe".

Euronews
Antonio FloresEuronews

"O Xerez é diferente e único.

Cada vinha no mundo tem um terroir: a terra, a origem. O Xerez tem dois: a vinha, a sua terra calcária e branca que oferece vida e personalidade. E um segundo terroir que é a adega e o seu próprio microclima, devido à sua orientação geográfica, temperatura e humidade".

O xerez é um vinho fortificado, o que significa que lhe é adicionado aguardente destilada. Existem vários tipos, desde o seco e pálido até ao doce e escuro.