Última hora
This content is not available in your region

Noite Internacional de Observação da Lua

euronews_icons_loading
Noite Internacional de Observação da Lua
Direitos de autor  Michael Probst/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Pessoas de todo o mundo juntaram-se este fim de semana para observar a Lua e celebrar a exploração lunar do passado, presente e futuro.

A Noite Internacional de Observação da Lua é uma iniciativa da NASA e decorre todos os anos nos meses de setembro ou outubro, de acordo com o calendário astronómico.

Kelsey Young, cientista da NASA diz: "Isto é algo que se pode ver em qualquer sítio que se viva no mundo. Se se vive numa cidade grande, pode ver-se. Se se vive numa parte remota do mundo, pode ver-se. Assim, é uma grande oportunidade de as pessoas se juntarem à volta de um corpo que, na realidade, tem muito significado para as pessoas em todo o mundo e em muitas culturas de todo o mundo".

Este fim de semana é a melhor altura para ver a paisagem deslumbrante de montanhas lunares e crateras ao longo da linha entre a luz e a escuridão - dia e noite na Lua. E, devido à ligeira oscilação aparente da Lua na sua órbita à volta da Terra, é possível espreitar à volta da borda da Lua, vislumbrando o que normalmente está escondido no seu lado distante.

A Lua é o corpo celeste que mais nos fascina desde os primórdios da humanidade. Desperta a atenção de cientistas, místicos e simples curiosos.

Através do programa Apollo, os humanos pisaram pela primeira vez na Lua em 1969, e a NASA continua a construir sobre esse legado. A agência espacial norte-americana lançou o Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) em 2009 e, desde então, tem recolhido mais dados do que todas as outras missões científicas planetárias combinadas. Estes dados ajudam a examinar melhor os lugares que os astronautas percorreram há 50 anos, e servem para preparar o caminho para a próxima missão em solo lunar, com o programa Artemis, em 2024.

A NASA vai levar a primeira mulher e o próximo homem à Lua, utilizando tecnologias inovadoras para explorar mais do que nunca a superfície lunar. O objetivo é, em colaboração com os parceiros comerciais e internacionais, estabelecer uma exploração sustentável até ao final da década.

O Lunar Reconnaissance Orbiter está na Lua há 11 anos, fornecendo um volume importante de dados sobre os recursos da Lua.

Se perdeu o encontro com a Lua, este ano, tome nota: Em 2021, a Noite Internacional de Observação da Lua é a 16 de outubro.