Última hora
This content is not available in your region

Companhias de aviação dos EUA anunciam 32 mil despedimentos

euronews_icons_loading
Companhias de aviação dos EUA anunciam 32 mil despedimentos
Direitos de autor  Tony Gutierrez/AP2011
Tamanho do texto Aa Aa

32 mil trabalhadores vão ser despedidos pelas companhias aéreas United Airlines e American Airlines, se o Congresso dos Estados Unidos não aprovar uma extensão da ajuda ao setor aéreo esta quinta-feira.

A American Airlines foi a primeira a anunciar o despedimento de 13 mil funcionários.

"Não sei como me devo sentir agora. Triste? Com medo? Com raiva e frustração? Há tantas emoções no meu corpo e nos de outros milhares de assistentes de bordo da American Airlines que também estão neste último dia do programa de apoio aos vencimentos, para manter os nossos empregos, manter os nossos cuidados de saúde. Não sabemos o que vai acontecer", diz a assistente de bordo da American Airlines, Allie Malis.

As companhias aéreas norte-americanas receberam uma ajuda de 25 mil milhões de dólares, sob o compromisso de não despedirem empregados até 30 de setembro.