Última hora
This content is not available in your region

Trump recua em relação à extrema-direita

euronews_icons_loading
Trump recua em relação à extrema-direita
Direitos de autor  Patrick Semansky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Horas depois do debate, Donald Trump recuou em relação aos comentários que fez sobre a extrema-direita no primeiro confronto televisivo com Joe Biden.

Desafiado pelo moderador do debate, Chris Wallace, a condenar os supremacistas brancos, o presidente dos Estados Unidos dirigiu-se aos "Proud Boys", a quem pediu para recuarem e se manterem a postos. E atirou as culpas para a extrema-esquerda.

Esta resposta valeu muitas críticas ao atual presidente dos Estados Unidos e levou-o a mudar o discurso horas depois: "Não sei quem são os 'Proud Boys'. Vocês têm de me dar uma definição porque não sei quem são. Só posso dizer que eles têm que se retirar e deixar a polícia fazer o seu trabalho. "

Os "Proud Boys" são um grupo neofascista, anti-imigração, conhecido por incitar à violência nas ruas.

No primeiro debate entre os candidatos à Casa Branca, os insultos e os atropelos prevaleceram sobre a discussão de ideias. A Comissão que organiza os debates já prometeu alterações para evitar que a situação se repita.