Última hora
This content is not available in your region

Alemanha assinala 30 anos sobre reunificação

euronews_icons_loading
Alemanha assinala 30 anos sobre reunificação
Direitos de autor  Michael Sohn/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Assinalam-se este ano três décadas sobre a reunificação da Alemanha.

Enquanto muitos ainda se recordam do passado, para outros, porventura mais jovens, trata-se de algo distante.

Que significado é que eles atribuém ao feriado nacional assinalado no dia 3 de outubro?

Para Thomas Rippe, um professor de História de 34 anos num liceu situado na Alemanha ocidental, os jovens não sentem grande ligação a este dia.

"É preciso dizer que um jovem alemão sente pouca ligação a este dia. Um colega disse-me que todos os anos no dia 3 de outubro se interroga porque razão as lojas estão fechadas.
É provavelmente diferente em França onde as pessoas saiem à rua no dia do feriado nacional, agitam bandeiras e isso é completamente diferente. Os alemães são muito mais reservados nesse aspeto", afirma o professor de História.

Segundo a experiência deste professor, os jovens de hoje não se preocupam com a anterior divisão.

"Quando era jovem ainda ainda se distinguia entre Este e Oeste, isso ainda ocorria por volta do ano 2000 e também nos anos 90. Mas esta distinção já não diz nada aos estudantes. As pessoas assumem que somos uma Alemanha unida. O facto de que existia uma fronteira é cada vez mais distante" acrescenta Thomas Rippe.

Um estudo realizado pela Fundação Otto Brenner confirma que o muro que antes existia na cabeça das pessoas é cada vez menor, mesmo entre a população mais idosa.

Em 1991, pouco menos de um terço da Alemanha Oriental e Ocidental nunca se tinham conhecido, 27 anos mais tarde este número baixou para um quinto.

Mesmo assim, os autores do estudo consideram este número alto e acreditam que a educação é essencial.