Última hora
This content is not available in your region

Novichok detetado novamente no organismo de Alexei Navalny

euronews_icons_loading
Novichok detetado novamente no organismo de Alexei Navalny
Direitos de autor  HANDOUT/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

A Organização para a Proibição de Armas Químicas anunciou ter identificado vestígios de um agente neurotóxico do tipo Novichok no organismo de Alexei Navalny. O anúncio vem aumentar as suspeitas de envenenamento da voz da oposição na Rússia, até porque vem ao encontro dos resultados já divulgados das análises efetuadas por laboratórios especializados na Alemanha, França e Suécia.

Apesar dos indícios se acumularem, o Kremlin continua a negar qualquer envolvimento no envenenamento de Navalny e pediu mesmo assistência à Organização para a Proibição de Armas Químicas para investigar a situação.

Alexei Navalny sentiu-se mal durante uma viagem à Sibéria e foi transferido para Berlim para realizar o tratamento por não confiar nas autoridades russas. O líder da oposição acusa Vladimir Putin de estar por trás da tentativa de envenenamento.