Última hora
This content is not available in your region

OMC será dirigida pela primeira vez por uma mulher

euronews_icons_loading
OMC será dirigida pela primeira vez por uma mulher
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

O próximo diretor-geral da Organização Mundial de Comércio (OMC) será, pela primeira vez, do sexo feminino.

A ministra do Comércio da Coreia do Sul, Yoo Myung Hee, e a ex-ministra das Finanças e antiga chefe da diplomacia da Nigéria, Ngozi Okonjo-Iweala, são as duas finalistas na corrida ao posto.

Ambas as mulheres na ronda final são extremamente bem qualificadas. Todos concordamos nisso. Ficámos impressionados com elas desde o início, são pessoas como uma longa experiência em lidar com assuntos complicados.
Keith Rockwell
porta-voz da Organização Mundial do Comércio

Uma destas mulheres vai assim suceder ao brasileiro Roberto Azevedo, que deixou o cargo no fim de agosto, um ano antes do fim do mandato.

A nova diretora-geral terá assim a árdua tarefa de assumir as rédeas em plena crise económica mundial, motivada pela pandemia de coronavírus.