Última hora
This content is not available in your region

João Almeida sofre mas continua vestido de rosa

João Almeida
João Almeida   -   Direitos de autor  Massimo Paolone/LaPresse
Tamanho do texto Aa Aa

João Almeida segurou a camisola rosa por quinze segundos após um dia de muito sofrimento na décima quinta etapa da Volta a Itália. Jai Hindley atacou na subida final, a pouco mais de sete quilómetros da meta, e levou consigo o companheiro de equipa, Wilco Kelderman, e Tao Geoghegan Hart.

O português ficou para trás mas nunca baixou os braços. Efetuou a subida final a solo e cortou a linha da meta na quarta posição. Apesar do tempo perdido para Kelderman, conseguiu manter a liderança da classificação geral. Entre o trio da frente, o mais forte no sprint foi Tao Geoghegan Hart, que se estreou a vencer no Giro.