Última hora
This content is not available in your region

Líderes europeus debatem combate à pandemia

euronews_icons_loading
Presidente do Conselho Europeu quer debater testes rápidosl
Presidente do Conselho Europeu quer debater testes rápidosl   -   Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A Europa está a voltar ao confinamento, numa altura em que os Governos estão a ter dificuldades para travar a velocidade e a escala da segunda vaga.

Esta quinta-feira, os líderes europeus voltam a reunir-se por videoconferência, para coordenar esforços no combate à pandemia.

"Cada dia conta. É extremamente urgente melhorar a eficácia da nossa resposta à pandemia", realçou o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

A União Europeia quer coordenar as estratégias de vacinação e testes.

"Até agora, tínhamos apenas estes famosos testes PCR, que demoram várias horas até que possamos obter os resultados. Os testes rápidos podem marcar uma viragem, podem mudar a nossa estratégia e é por isso que devemos cooperar na aprovação dos testes rápidos para organizar o seu reconhecimento mútuo. Também poderia ajudar-nos a restabelecer a livre circulação de pessoas, se esses testes rápidos puderem ser implementados com eficácia", explicou Charles Michel.

O presidente do Conselho Europeu quer definir os critérios de distribuição das vacinas entre os Estados-membros e uma lista comum de grupos prioritários, de forma a prevenir estrangulamentos logísticos.

De acordo com a Comissão Europeia, apenas em 2022 haverá doses de vacinas suficientes para toda a população da União Europeia.

Bruxelas quer evitar as divisões que houve entre os Estados-membros na primeira vaga.