Última hora
This content is not available in your region

Sobe para 41 o número de vítimas mortais do sismo na costa do mar Egeu

euronews_icons_loading
Sobe para 41 o número de vítimas mortais do sismo na costa do mar Egeu
Direitos de autor  Ali Aksoyer/DHA via AP
Tamanho do texto Aa Aa

Quase um dia depois do sismo registado no mar Egeu, entre a ilha grega de Samos e a sudoeste da província turca de Esmirna, equipas de resgate turcas conseguiram retirar, este sábado, dos escombros de um edifício que desabou, uma mãe três filhos ainda com vida.

Uma das crianças viria a morrer logo depois enquanto uma quarta criança permanecia debaixo dos escombros.

À medida que prosseguem as operações de busca na Turquia, fortemente castigada pelo sismo, agravam-se os números negros. Há registo de pelo menos 39 mortos na cidade de Esmirna e de duas vítimas mortais na ilha grega. Um novo balanço das autoridades turcas dá conta de cerca de 900 feridos.

O presidente Recep Tayyip Erdoğan deslocou-se ao epicentro da tragédia, que provocou o desmoronamento de inúmeros edifícios e inundações.

A ilha de Samos, por outro lado, recebeu a visita do primeiro-ministro grego, Kyriákos Mitsotákis, que se reuniu com os familiares dos dois adolescentes que morreram.

As ruas de cidade portuária de Vathi, na ilha, ficaram completamente inundadas por causa do mini-tsunami resultante do sismo que também afetou a costa turca.