Última hora
This content is not available in your region

Eleitores norte-americanos saem para a rua mas ainda não há vencedor à vista

euronews_icons_loading
Eleitores norte-americanos saem para a rua mas ainda não há vencedor à vista
Direitos de autor  AFP vidéo
Tamanho do texto Aa Aa

Joe Biden é o candidato mais votado na história das Presidenciais norte-americanas e tem quase quatro milhões de votos a mais que Donald Trump. Ainda assim os apoiantes do ainda Presidente estão na rua para tentar impedir que os democratas cheguem à Casa Branca.

Em Filadélfia, maior cidade do crucial estado da Pensilvânia, os republicanos juntaram-se para tentar impedir a contagem de votos. Acusam os rivais de apresentar boletins de voto falsos já após o encerramento das urnas para tentar roubar o lugar a Trump.

Uma narrativa alimentada por Trump, sem que tenha sido apresentada qualquer prova concreta.

Os apoiantes de Joe Biden responderam, também em Filadélfia, e saíram para a rua para denunciar o perigo que corre a democracia norte-americana, uma vez que a atual administração já "declarou abertamente que irá ignorar os verdadeiros resultados destas eleições".

Apesar da diferença de votos, o complexo sistema eleitoral norte-americano torna o resultado incerto e todos os votos contam. E se os republicanos têm tentado impedir a contagem em vários estados, no Arizona, onde ganharam terreno nas últimas horas, acontece exatamente o contrário e são os apoiantes de Trump que exigem que se contem todos os votos.

Aconteça o que acontecer, tudo indica que o duelo entre Trump e Biden se irá arrastar das urnas eleitorais para as salas de tribunal.