EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Nazaré volta a estar na crista da onda

Justine Dupont na Nazaré
Justine Dupont na Nazaré Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Nara Madeira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Francesa Justine Dupond poderá ter surfado a maior onda de sempre para uma mulher, na praia do Norte.

PUBLICIDADE

Pode ser a maior onda alguma vez surfada por uma mulher mas será, seguramente, a maior para Justine Dupont, surfista francesa consagrada, terá subido a mais de 21,3 metros, o equivalente a um prédio de seis andares, o seu recorde, a mais de 60 km/h, naquela que é uma das praias míticas de Portugal, a do Norte, na Nazaré. A mesma daquele que será o seu anterior recorde. 

A jovem beneficiou do efeito da tempestade Ípsilon na costa portuguesa, que levou à subida do nível das águas.

Um momento único até porque conseguiu outro feito, ser rebocada, até à sua onda, por Garrett McNamara, uma das lendas do surf de ondas gigantes da Nazaré, e que em 2011 bateu o recorde da maior do mundo, quase 24 metros. Entretanto batido pelo brasileiro Rodrigo Koxa.

Justine Dupont tornou-se em pouco tempo numa máquina de bater recordes. A campeã mundial de paddle de 2019, foi também quatro vezes vice-campeã mundial em três modalidades de surf, venceu vários campeonatos de surf e longboard de França e da Europa.

Editor de vídeo • Nara Madeira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasileiro Márcio Freire é a primeira vítima mortal do "canhão" de ondas da Nazaré

Milhares na Nazaré para ver as ondas gigantes

Kai Lenny e Lucas "Chumbinho" Chianca vencem "Nazaré Tow Challenge"