Última hora
This content is not available in your region

Egito revela a descoberta de mais de 100 sarcófagos intactos

euronews_icons_loading
Egito revela a descoberta de mais de 100 sarcófagos intactos
Direitos de autor  Nariman El-Mofty/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de uma centena de sarcófagos com cerca de 2500 anos foram descobertos na necrópole de Saqqara a sul do Cairo, no Egito. É considerado o maior tesouro descoberto no país desde o início do ano.

Os sarcófagos foram apresentados numa cerimónia contém os restos mortais de líderes da chamada época baixa do antigo Egito, entre 700 e os 300 anos antes de Cristo e o período ptolemaico, entre os 300 e os 30 anos antes de Cristo.

Os arqueólogos abriram um dos sarcófagos e realizaram a radiografia da múmia para verificar o estado dos restos mortais.

Foram também descobertas mais de 40 estatuetas de divindades e máscaras funerárias.

Os sarcófagos foram encontrados num poço fúnebre a 12 metros de profundidade. As pesquisas continuam.