Última hora
This content is not available in your region

França ultrapassa os dois milhões de casos de Covid-19

euronews_icons_loading
França ultrapassa os dois milhões de casos de Covid-19
Direitos de autor  Jennifer Lorenzini/LaPresse
Tamanho do texto Aa Aa

França ultrapassou os dois milhões de casos de Covid-19 desde o início da pandemia. No entanto, as autoridades anunciaram que o país atingiu o pico pandémico da segunda vaga no dia 2 de novembro.

Mas o ministro da Saúde Olivier Veran não adiantou se o país vai abrir a tempo de existirem reuniões familiares natalícias. "Apenas posso prometer uma coisa: temos que ter muito cuidado. Quaisquer que sejam as condições em que reunimos, temos que ter cuidado. Não significa que não poderemos partilhar uma refeição mas teremos que respeitar algumas regras e tomar conta uns dos outros e estarmos atentos", disse.

Quebra no número de contágios

Entretanto, na Europa, mais de 15 milhões de pessoas foram infetadas com o coronavirus mas países como a Alemanha começam a vislumbrar os efeitos das medidas de restrição, uma quebra do número de infeções, tal como França e também a Holanda, que regista uma quebra pela terceira semana consecutiva.

O país entrou num confinamento parcial em meados de outubro e reforçou as restrições no início deste mês.

Turquia

Depois de um aumento de mortos num dia, a Turquia avançou com um recolher obrigatório noturno e limitou os restaurantes a funcionarem em take-away.

Itália e Espanha

Itália e Espanha registaram o maior número de mortos em 24 horas nesta segunda vaga, com 700 e 400 óbitos respetivamente.

De Portugal surgem notícias agridoces: o país registou o maior número diário de recuperados e também um novo máximo de internamentos em cuidados intensivos.