Última hora
This content is not available in your region

Nova descoberta arqueológica em Pompeia

euronews_icons_loading
Dois corpos descobertos em Pompeia
Dois corpos descobertos em Pompeia   -   Direitos de autor  Ministério da Herança Cultural, Itália
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades italianas revelaram imagens da mais recente descoberta arqueológica em Pompeia.

A descoberta teve lugar durante a escavação de uma antiga vivenda romana situada nos arredores da cidade.

Os arqueólogos afirmam acreditar que os dois corpos teriam pertencido a um homem abastado e ao seu escravo pessoal.

"As vítimas estavam provavelmente à procura de refúgio neste espaço subterrâneo onde julgavam que se podiam proteger melhor. Foram arrastados pela corrente piroclástica, provavelmente às 9 da manhã, altura em que a nuvem de fogo teria atingido Pompeia destruindo completamente os andares superiores e quem lá se encontrava. É provável que tenham morrido do choque térmico tal como demonstrado através dos membros contraídos, as mãos e os pés", afirma o diretor do parque arqueológico de Pompeia, Massimo Osanna.

Segundo especialistas, os dois indivíduos teriam inicialmente escapado à queda das cinzas expelidas pelo vulcão Vesúvio tendo contudo sucumbido no dia seguinte após uma potente explosão vulcânica.

Os trabalhos de escavação prosseguem em Pompeia no entanto o parque arqueológico encontra-se encerrado ao público devido às medidas anti-pandemia.