EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Irão acusa Israel pela morte de cientista

Mohsen Fakhrizadeh, à direita na imagem
Mohsen Fakhrizadeh, à direita na imagem Direitos de autor AP/AP
Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo iraniano garante retaliações pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh. Teerão fala em "sérios indícios do papel de Israel" no homicídio.

PUBLICIDADE

Israel estará por trás do homicídio de Mohsen Fakhrizadeh, diz o governo iraniano, que promete retaliações pela morte do proeminente cientista. Fakhrizadeh não resistiu aos ferimentos na sequência da emboscada ao veículo em que se deslocava nos arredores de Teerão.

O general Amir Hatami, ministro da Defesa, veio declarar que se tratou de "uma operação terrorista". Fakhrizadeh estava oficialmente à frente do departamento estatal de Pesquisa e Inovação. 

Mas para alguns países, incluindo Israel, era na verdade o responsável pelo alegado programa nuclear iraniano com fins militares, tendo sido, nesse sentido, o único nome a figurar no relatório final que a Agência Internacional de Energia Atómica fez em 2015.

O responsável diplomático iraniano, Mohammad Javad Zarif, escreveu no Twitter que "esta covardia - com sérios indícios do papel de Israel - revela as intenções bélicas dos seus autores". Zarif apela à condenação internacional deste crime, sobretudo por parte da União Europeia.

Em 2018, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, falava precisamente neste cientista como o mentor da corrida iraniana ao armamento nuclear.

A história repete-se: há quase dez anos, era assassinado um outro cientista, Majid Shahriari, com Teerão a apontar o dedo a Israel.

Já no início deste ano, um ataque aéreo americano matou o general Qassem Soleimani, que comandava a força de elite dos Exército dos Guardiães da Revolução, o que levantou amplos receios sobre o eclodir de um conflito armado com os Estados Unidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que se segue para o Irão depois da morte do presidente?

Vice-presidente do Irão nomeado presidente interino após a morte de Ebrahim Raisi

O "carniceiro de Teerão": como será lembrado o presidente iraniano Ebrahim Raisi?