Última hora
This content is not available in your region

Novas infeções de Covid-19 voltam a descer na Europa

Access to the comments Comentários
De  Teresa Bizarro com Agências
euronews_icons_loading
Novas infeções de Covid-19 voltam a descer na Europa
Direitos de autor  from AFP video
Tamanho do texto Aa Aa

A palavra em Espanha é agora: moderação. Para mitigar os efeitos da Covid-10, as autoridades espanholas apelam ao bom senso. Nas compras, mas também nas reuniões privadas. Não são proibidas, mas há uma recomendação para que sejam reduzidas ao essencial.

O número de novas infeções voltou a cair. Desde o pico, no final de outubro, em Espanha, desceu 70 por cento.

A curva em Portugal também está em queda. Menos 57% de novos infetados por dia face ao valor mais alto resgistado, há quase um mês.

A Organização Mundial de Saúde confirma a tendência, mas sublinha que é preciso não baixar a guarda.

"Na última semana, assistimos à primeira diminuição global de novos casos desde setembro, devido a uma descida de casos na Europa, graças à eficácia das difíceis, mas necessárias, medidas postas em prática nas últimas semanas. São boas notícias, mas têm de ser analisadas com muita prudência. Estes ganhos podem perder-se facilmente," afirmaTedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

Turquia é mais recente fonte de preocupação

A fugir à tendência dominante está a Turquia. Só na última semana, registaram-se 177 mil novas infeções - um terço de todos os casos registados desde o início da pandemia no país.

A partir desta terça-feita a Turquia passa a impor recolher obrigatório durante a semana e confinamento total durante os fins de semana.

No País de Gales, as restrições voltam também a apertar - tinham sido aliviadas há três semanas.

Os peritos alertam para a possibilidade das unidades de tratamento estarem saturadas em janeiro se não forem tomadas medidas. Mark Drakeford, primeiro-ministro do País de Gales, anunciou que "pubs, bares, restaurantes e cafés vão ter de fechar às 6 da tarde e não poderão servir álcool. Depois das seis, podem vender apenas para fora".

O resto do Reino Unido prepara-se para uma circulação em massa de pessoas antes do Natal. Especialmente estudantes, deslocados das localidades de residência. Para estes foram montadas estações dedicadas de despistagem da Covid-19.

A Organização Mundial de Turismo pede que sejam uniformizadas as regras para viajantes em todo o mundo.