Última hora
This content is not available in your region

Operação de despistagem em massa na Áustria

euronews_icons_loading
Operação de despistagem em massa na Áustria
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A Áustria prepara-se para dar início a um programa de testes em massa que inclui toda a população do país: 8,8 milhões de pessoas. O objetivo é testar toda a população à COVID-19, depois do levantamento do confinamento nacional previsto para 6 de dezembro. Foi inaugurado maior centro de testes do país em Viena na segunda-feira - um local onde é possível obter resultados em apenas dez minutos.

A taxa de mortalidade devido à COVID-19 ainda continua a aumentar em toda a Europa. Andrea Ammon, diretora do Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), diz que é muito cedo para levantar as restrições atuais: “As tendências atuais mantêm a esperança que as medidas fazem efeito e alguns países já ultrapassaram o pico, outros provavelmente ainda não. Portanto, tendo em conta a situação epidemiológica, do nosso ponto de vista as medidas de saúde pública não devem ser levantadas."

Andrea Ammon também observou que a taxa de ocupação das unidades de cuidados intensivos era de 91% na semana passada, o que significa que "alguns países provavelmente já estão no limite". Nesta segunda-feira, foram registados mais de 13 milhões de casos de coronavírus nos 27 países da União Europeia e, até agora, mais de 300 mil (319.700) pessoas morreram de COVID-19 em território europeu.