Última hora
This content is not available in your region

A cápsula que veio de um asteroide

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
A cápsula que veio de um asteroide
Direitos de autor  Agencia Espacial Australiana vía AP
Tamanho do texto Aa Aa

Seis anos depois da missão ter sido iniciada, a cápsula de uma sonda japonesa destinada a recolher amostras de um asteroide aterrou este domingo, perto de Woomera no sul da Austrália.

A cápsula, de apenas 40 centímetros desprendeu-se da sonda Hayabusa2, a 220 mil quilómetros de distância, e depois de entrar na atmosfera aterrou e foi recuperada numa zona remota australiana.

Dentro da cápsula encontram-se amostras do asteroide Ryugu, recolhidas no ano passado com a intenção de investigar a origem do sistema solar, há mais 4 mil milhões de anos.

Protegidas da luz e de radiações as amostras serão alvo de analises preliminares para detetar a emissão de gases antes de serem enviadas por via aérea para o Japão.

Por seu lado, a sonda Hayabusa2, que deixou o asteroide há um ano a 300 milhões de quilómetros, foi redirecionado para o seu novo objetivo: o asteroide 1998KY26.