EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Europa com confinamentos e restrições

Hospital USA
Hospital USA Direitos de autor Dave Weaver/AP2008
Direitos de autor Dave Weaver/AP2008
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Países Baixos anunciam confinamento para combater a Covid-19. Governos europeus endurecem medidas contra a pandemia.

PUBLICIDADE

A Europa endurece medidas restritivas contra a Covid-19.

Os Países Baixos entram em confinamento até ao dia 19 de janeiro, para combater a propagação das infeções pelo novo coronavírus no país.

Num comunicado à nação, o primeiro-ministro, Mark Rutte, anunciou que creches, escolas e todos os serviços considerados não essenciais vão permanecer encerrados nas próximas cinco semanas.

Espera-se que Itália, que passou esta segunda-feira a barreira das 65 mil mortes por Covid-19, anuncie, em breve, restrições mais severas para combater a doença. De acordo com os "media" italianos, o Governo irá colocar todo o país na "zona encarnada" e em confinamento desde o dia 24 de dezembro até ao dia dois de janeiro.

Também o Reino Unido anunciou medidas para combater a pandemia. O ministro britânico da saúde, Matt Hancok, revelou que Londres e partes de Essex e Hertfordshire vão passar para o nível três de restrições, o mais elevado.

Matt Hacock anunciou, ainda, que o Governo identificou "uma nova variante deste vírus, que pode estar associada à propagação mais rápida em algumas áreas" e que está a tomar medidas de prevenção para combatê-la. O governante afirmou que a vacina está a ser enviada para Inglaterra e também para a Escócia, garantindo que "a ajuda está a caminho".

A Finlândia e a Noruega ofereceram ajuda médica à Suécia para combater a segunda vaga da pandemia. O país, que adotou uma estratégia com medidas menos restritivas contra doença, vê o aumento do número de infeções a aumentar. Os cuidados intensivos na região da capital, Estocolmo, estão já a 99% da sua capacidade.

Em França, centenas de pessoas manifestaram-se em Paris contra o encerramento de restaurantes e hotéis até, pelo menos, 20 de janeiro.

A partir desta terça-feira, o confinamento imposto pelo Governo de Emmanuel Macron no dia 30 de outubro será substituído pelo recolher obrigatório entre as 20 horas e as 06 horas da manhã do dia seguinte.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícias patrulham ruas em várias cidades europeias

Itália decreta novo confinamento

Vacina está mais perto, mas ainda longe de salvar o Natal