Última hora
This content is not available in your region

Itália decreta novo confinamento

euronews_icons_loading
Itália decreta novo confinamento
Direitos de autor  AXEL HEIMKEN/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou um novo confinamento no país durante o período natalício e o Ano Novo.

A Itália conta com o número de mortes por Covid-19 mais elevado da Europa, cerca de 68 mil vítimas.

Na Áustria, o chanceler Sebastien Kurz anunciou o terceiro confinamento do país, a implementar logo após o Natal.

As autoridades impuseram ainda a obrigatoriedade da realização de testes.

Já na Suécia, o governo mudou de abordagem e decretou na sexta-feira as medidas anti Covid-19 mais duras implementadas no país com o objetivo de evitar uma segunda vaga de infeções.

A utilização de máscaras nos transportes públicos é agora recomendada e os espaços públicos não-essenciais serão igualmente encerrados.

Já em França, os contágios continuam a aumentar, um dia após o presidente francês Emmanuel Macron, ter anunciado um teste positivo à Covid-19.

Na República Checa, o executivo decretou novas medidas de confinamento que entraram em vigor na sexta-feira.