EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Ameaça russa" leva Suécia a aumentar orçamento da defesa

"Ameaça russa" leva Suécia a aumentar orçamento da defesa
Direitos de autor BEZHAV MAHMOUD/AFP
Direitos de autor BEZHAV MAHMOUD/AFP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O aumento de 40% é o maior dos últimos 70 anos.

PUBLICIDADE

A Suécia reforçou o orçamento para a defesa como não fazia há 70 anos: o montante destinado a esta área durante o período de 2021 a 2025 foi aumentado em 40%, para um valor de quase 8 mil e 700 milhões de euros. O governo justifica a decisão, aprovada pelo parlamento, com a maior ameaça por parte da Rússia.

"Tem a ver com a situação em termos de segurança, com a agressão russa à Geórgia, anexação da Crimeia, conflito na Ucrânia, atividades na Bielorrússia, aumento das capacidades militares da Rússia, exercícios complexos, atividade no Ártico e no mar Báltico. Vemos um novo ambiente de segurança, em que estão dispostos a usar o poderio militar para atingir fins políticos", diz o ministro da Defesa sueco, Peter Hultqvist.

A Rússia está disposta a usar o poderio militar para atingir fins políticos.
Peter Hultqvist
Ministro da Defesa sueco

Uma das preocupações do governo é o aumento dos ciberataques, por parte de russos e chineses, de que são vítimas instituições suecas "de forma diária", segundo o ministro.

Por isso, a cibersegurança vai levar uma boa parte deste orçamento. Atualmente, a Suécia, que não é membro da NATO, tem um orçamento de defesa que representa cerca de 1,1% do Produto Interno Bruto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Suécia e Finlândia mais próximas de uma ligação ferroviária

O futuro da Europa: dos combustíveis fósseis à dependência dos metais?

ABBA World, uma nova exposição em Malmö