EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Marcha lenta na fronteira entre o Reino Unido e França

Marcha lenta na fronteira entre o Reino Unido e França
Direitos de autor AFPTV
Direitos de autor AFPTV
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Muitos motoristas de pesados poderão passar o Natal nas cabines dos veículos

PUBLICIDADE

Apesar da reabertura das ligações marítimas e ferroviárias entre o Reino Unido e França, mais de seis mil veículos permanecem bloqueados em redor do porto britânico de Dover.

O ministro britânico dos transportes, Grant Schapps, alertou para a real possibilidade de muitos condutores terem que passar o Natal nas cabines dos seus veículos.

Entre os afetados contam-se muitos trabalhadores migrantes que contavam passar o Natal em família.

"Se queriam fazer algo como encerrar a fronteira, então tudo bem... mas têm que avisar primeiro as pessoas. Não façam o fizeram, não merecemos isto. Só queríamos passar uma ou duas semanas em família, é tudo, e depois regressávamos", afirma Cristian Holban, trabalhador da construção civil romeno.

De recordar que entre os motoristas afetados contam-se inúmeros portugueses.

Esta quinta-feira de manhã, as filas prolongavam-se no porto de Calais devido aos bloqueios em Dover.

O responsável pelo porto de Calais já anunciou que as instalações portuárias permaneceriam abertas no dia de Natal

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Militares britânicos aliviam congestionamento em Dover

Congestionamento em Dover começa a aliviar

Relação comercial pós-Brexit na reta final