Última hora
This content is not available in your region

Relação comercial pós-Brexit na reta final

euronews_icons_loading
Relação comercial pós-Brexit na reta final
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Do lado do bloco forte europeu diz-se que falta pouco para se chegar ao tão esperado acordo pós-Brexit. Os negociadores da União Europeia e do Reino Unido continuam, incansavelmente, as negociações. Dia e noite, como escrevia nas redes sociais o porta-voz da Comissão Europeia, procuram limar-se as últimas arestas.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, estiveram em contacto regular, por telefone, nas últimas 24 horas para continuar a tentar acabar com o impasse, se possível, antes da consoada. Espera-se fumo branco ainda esta quinta-feira mas a verdade é que ele é já esperado há vários dias.

Foram, ou são, sobretudo as pescas o calcanhar de Aquiles do acordo pós-Brexit com o Reino Unido a não querer ceder muito no que diz respeito às suas águas territoriais mas, dizia-se na terça-feira ainda que ontem as informações sobre a matéria fossem contraditórias, a ter cedido mais do que pretendia.

Isto depois de 11 meses de infindáveis, exaustivas, negociações e braços-de-ferro também sobre as regras da concorrência comercial e outros tantos dossiers sobre os quais era preciso "acertar agulhas".

Espera-se um documento final com cerca de 2.000 páginas que terá ainda de ser aprovado, até 31 de dezembro, altura em que se quebram todos os laços entre Londres e Bruxelas, pelos parlamentares.