Última hora
This content is not available in your region

Covid-19: Austrália ameaça deportar estrangeiros que violem restrições

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Covid-19: Austrália ameaça deportar estrangeiros que violem restrições
Direitos de autor  Mark Baker/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A Austrália ameaça deportar os estrangeiros - turistas ou detentores de visto temporário de residência - se não acatarem as restrições impostas para combater a pandemia.

O aviso foi feito pelo ministro para a Imigração, Alex Hawke, em termos que não deixam dúvidas:

"Devem obedecer às ordens de saúde pública se forem titulares de um visto temporário. São convidados na Austrália. Sabemos que a maioria dos titulares de vistos temporários obedece às ordens de saúde pública. Mas para aquele pequeno grupo que pensa que pode violá-las e safar-se, pedimos às nossas agências que se debruçassem sobre o assunto. Vamos pedir-lhes que trabalhem com funcionários da Nova Gales do Sul e se tomarmos conhecimento de que violaram a ordem de saúde pública, iremos analisar muito cuidadosamente as vossas condições de visto, e estão sujeitos ao cancelamento".

Os avisos surgem após imagens nas redes sociais que chocaram o país de aglomerados de jovens a cantar e dançar, na praia de Bronte, em Sidney, no dia de Natal.

Testemunhas afirmam que eram, na maioria, ingleses.

Sydney está a lutar contra um novo surto, surgido na semana do Natal, após meses de ausência de casos locais.

O reaparecimento do vírus provocou uma rápida reintrodução de restrições na cidade, incluindo a proibição de reuniões de férias e o encerramento da região mais afetada, as Praias do Norte.