Última hora
This content is not available in your region

Rússia abre inquérito contra Navalny

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Rússia abre inquérito contra Navalny
Direitos de autor  Pavel Golovkin/AP
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades russas anunciaram esta terça-feira a abertura de um inquérito por suposta "fraude em grande escala" contra o líder da oposição no país.

Através de um comunicado, a Comissão de Inquérito informou que Alexei Navalny é suspeito de ter usado para gastos pessoais cerca de 4 milhões de euros que foram angariados como doações por "várias" organizações sem fins lucrativos.

A Comissão fala na utilização de dinheiro "para a aquisição de bens pessoais e materiais, e para o pagamento de despesas (incluindo férias no estrangeiro) ". A lei russa prevê uma pena de até 10 anos de prisão por este delito.

Alexei Navalny continua na Alemanha, a recuperar de um envenenamento com um agente neurotóxico. Alguns analistas acreditam que a abertura deste inquérito é mais um sinal de que o Kremlin não quer que o opositor regresse à Rússia.

Nas redes sociais, Navalny disse que Vladimir Putin está a ter “uma crise de histeria" e pediu aos apoiantes para ignorarem a investigação e para continuarem a fazer doações às organizações implicadas neste inquérito