Última hora
This content is not available in your region

Congresso dos EUA revoga veto de Donald Trump

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Congresso dos EUA revoga veto de Donald Trump
Direitos de autor  J. Scott Applewhite/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Numa decisão inédita, o congresso norte-americano anulou o veto de Donald Trump a um orçamento superior a 600 mil milhões de euros (740,5 mil milhões de dólares) para financiar a defesa do país em 2021.

Depois da Câmara dos Representantes, esta sexta-feira, foi a vez de o Senado, maioritariamente republicano, dar luz verde à revogação do veto, com 81 votos a favor e 13 contra.

Em plenário, o líder da maioria no Senado, Mitch MacConnell, afirmou que "durante o ano passado, os colegas do Comité dos Serviços Armados certificaram-se de que a legislação produz resultados para as tropas [norte-americanas] e para a nação. Agora é altura de tornar realidade este projeto de lei".

Contra as gigantes tecnológicas

O presidente dos Estados Unidos vetou o diploma na semana passada, alegando favorecer a "Rússia e a China".

Em causa estão restrições que o chefe de estado exigiu serem aplicadas às empresas detentoras de redes sociais, que Trump acusa de o censurarem.

Mas foi precisamente no Twitter que lamentou a decisão do "Senado republicano", por alegadamente dar "poder ilimitado* às gigantes tecnológicas.

Trump criticou também a não aprovação do aumento dos estímulos financeiros individuais para fazer face aos efeitos da pandemia de covid-19, dizendo "não ser justo, nem inteligente".

Trump junta-se ao protesto "parem o roubo"

O novo congresso dos Estados Unidos presta juramento este domingo. Mas Donald Trump só dará lugar a Joe Biden na Casa Branca a 20 de janeiro.

O presidente cessante mostra-se, no entanto, ainda pouco recetivo à ideia de abandonar o cargo.

Nas redes sociais, continua a apelar aos apoiantes para que travem o que diz ter sido a fraude eleitoral das últimas eleições presidenciais.