Última hora
This content is not available in your region

Trump torna-se primeiro presidente dos EUA a enfrentar segundo processo de destituição

euronews_icons_loading
Trump torna-se primeiro presidente dos EUA a enfrentar segundo processo de destituição
Direitos de autor  Alex Brandon/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump é o primeiro presidente dos Estados Unidos a enfrentar dois processo de impugnação do mandato. Coube a Nancy Pelosi, a presidente da Câmara dos Representantes, a tarefa de anunciar a votação: 232 votos a favor; 197 contra - a maioria democrata contou com o apoio de 10 republicanos.

A Câmara acusa Donald Trump de "incitamento a uma insurreição" e apresenta como provas as declarações prévias à invasão do Capitólio, há uma semana.

Uma invasão protagonizada por apoiantes de Donald Trump que deixou um rasto de destruição e provocou a morte a 5 pessoas. Frente à casa Branca pediu então aos apoiantes que "lutassem de forma infernal" contra os resultados eleitorais que deram a vitória a Joe Biden.

Sem acesso às redes sociais, Trump emitiu um comunicado em que se desmente: "face às notícias de novas manifestações" pede que "não haja violência, violação da lei ou vandalismo de qualquer tipo". Diz agora Trump que "não é isso que defende e não é isso que a América representa". Apela ainda a "todos os americanos para que ajudem a aliviar as tensões e a acalmar os ânimos".

Ao contrário do que aconteceu há uma semana, nesta quarta-feira, o edifício encontrava-se fortemente guardado por forças policiais e militares. Um dispositivo que deverá permanecer no local. A estes podem juntar-se a qualquer momento mais 20 mil militares que estão de prontidão.

A capital dos Estados Unidos é palco, na próxima semana da tomada de posse de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos.