Última hora
This content is not available in your region

Presidente italiano aceita a demissão do primeiro-ministro

euronews_icons_loading
Sergio Matarella já recebeu em mãos a demissão de Giuseppe Conte
Sergio Matarella já recebeu em mãos a demissão de Giuseppe Conte   -   Direitos de autor  AP Photo/Andrew Medichini, Arquivo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte, já foi recebido pelo presidente Matarella que aceitou a sua demissão.

Cabe agora ao presidente consultar os líderes do governo e da oposição a fim de avaliar a possibilidade de se criar uma coligação governamental mais estável.

A saída do partido Italia Viva de Matteo Renzi colocou o ponto final na coligação no poder desde setembro de 2019.

“O presidente da república reserva o direito de pedir ao governo para permanecer em funções de gestão corrente. As consultas começam quarta-feira à tarde, dia 27 de janeiro. O calendário será anunciado através do gabinete de imprensa" disse Ugo Zampetti, secretário-geral da Presidência da República.

O primeiro-ministro tem agora 48 horas para angariar apoios no parlamento para o terceiro executivo em três anos.

As consultas entre o presidente Mattarella e os líderes partidários decorrem nos próximos dois dias.

A correspondente da euronews em Roma, Giorgia Orlandi, acrescenta:

"De acordo com as sondagens mais recentes, cerca de 70% dos italianos não entendem as razões desta crise política e a maioria, segundo os dados do instituto de sondagens, mantém a fé em Giuseppe Conte. A maioria dos italianos inclina-se igualmente para a possibilidade de um terceiro mandato para Conte, cerca de 36%. No entanto, 33% pretendem o regresso às urnas. As sondagens mais recentes mostram a Lega de Matteo Salvini como favorita".