Última hora
This content is not available in your region

Sicília vai receber 422 pessoas resgatadas do Mediterrâneo

euronews_icons_loading
Sicília vai receber 422 pessoas resgatadas do Mediterrâneo
Direitos de autor  Fabio Peonia/LaPresseFabio Peonia Photographer VIA AP
Tamanho do texto Aa Aa

O navio humanitário Ocean Viking já tem porto de segurança. Roma aceitou o pedido de ajuda e Sicília prepara-se para receber as 422 pessoas a bordo; pelo menos oito têm covid-19.

A embarcação das organizações não-governamentais SOS Mediterranèe e Médicos Sem Fronteiras resgatou os migrantes ao largo da costa da Líbia.

Num comunicado, a equipa de resgate e salvamento garante ter isolado os casos de infeção. No entanto, alerta para o quase impossível distanciamento entre os sobreviventes num barco de 69 metros sobrelotado.

Após o desembarque no porto de Augusta, os migrantes serão reencaminhados para o navio Rapsody, onde vão permanecer em quarentena. Entre eles, encontram-se 124 menores.

Uma mulher grávida e o companheiro estavam também entre os passageiros, mas acabaram por desembarcar em Malta.

A SOS Mediterranèe congratulou-se com a abertura de Itália ao desembarque do Ocean Viking, apelando ainda à União Europeia para que "reforce o apoio aos estados costeiros e restabeleça uma capacidade de salvamento dedicada" ao Mediterrâneo.