Última hora
This content is not available in your region

Setor europeu da restauração definha com pandemia de Covid-19

euronews_icons_loading
Setor europeu da restauração definha com pandemia de Covid-19
Direitos de autor  Armando Franca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Sem uma luz ao fundo do túnel, o setor europeu da restauração continua a agonizar com a pandemia de Covid-19.

À falta de soluções para retomar a atividade de modo seguro, muitos empresários europeus estão a ser empurrados para a ruína.

Vários governos nacionais decretaram o fecho de portas, privilegiando o take-away, mas na União Europeia há exceções.

Em Itália, na Roménia e em partes de Espanha, apesar das restrições, há regras que variam consoante as regiões, motivo pelo qual alguns restaurantes podem funcionar, para desespero de empresários de outros países, como Hubert Blanquet, proprietário de vários espaços em Bruxelas.

"Todos os proprietários de cafés, bares e restaurantes de Bruxelas estão à beira do colapso. Já não conseguem pagar os custos de funcionamento e a ajuda dada até ao momento não chega, no meu caso, nem sequer para pagar um mês de renda", lamentou Blanquet.

Muitos empresários de bares, cafés e restaurantes sentem-se desamparados pelos respetivos Governos, até porque durante o verão foram incentivados em investir em materiais para promover o distanciamento social dentro de portas. Agora nem isso lhes vale.

Sem clientes, dizem-se afogados em dívidas.