Última hora
This content is not available in your region

Mario Draghi toma posse como primeiro-ministro de Itália

euronews_icons_loading
Mario Draghi toma posse como primeiro-ministro de Itália
Direitos de autor  Guglielmo Mangiapane/Pool photo via AP)
Tamanho do texto Aa Aa

Com Giuseppe Conte de saída, Mario Draghi entrou em cena para liderar um novo executivo italiano.

O ex-presidente do Banco Central Europeu (BCE) tomou formalmente posse este sábado, numa cerimónia no palácio presidencial.

Encabeça um Governo de unidade nacional e tem pela frente a hercúlea missão de combater a crise da pandemia de Covid-19 e de revitalizar a economia.

Mario Draghi substitui Giuseppe Conte que apresentou recentemente a demissão. Em causa esteve a falta e apoio à coligação governamental depois da crise provocada pela saída do partido Itália Viva, de Matteo Renzi.

No executivo liderado por Draghi, o líder do movimento 5 Estrelas, Luigi Di Maio, ficará com a pasta dos Negócios Estrangeiros. Para a indústria, o ex-presidente do BCE chamou Giancarlo Giorgetti, líder da Liga de Matteo Salvini.

Marta Cartabia ficará com a Justiça e Elena Bonetti mantém a pasta da Igualdade e Família.

Daniele Franco, vice-governador do Banco Central italiano, fica com a pasta da Economia. A saúde foi entregue ao anterior ministro Roberto Speranza.

Na próxima semana, Mario Draghi enfrenta o voto de confiança do Parlamento.