Última hora
This content is not available in your region

Vitelos rejeitados pela Turquia e Líbia deverão ser abatidos

euronews_icons_loading
Navio "Karim Allah" com 900 vitelos a bordo no porto de Cartagena
Navio "Karim Allah" com 900 vitelos a bordo no porto de Cartagena   -   Direitos de autor  TVE
Tamanho do texto Aa Aa

Rejeitados pela Líbia e pela Turquia, 2700 vitelos espanhóis deverão terminar abatidos.

No porto espanhol de Cartagena encontra-se atualmente um cargueiro com 900 vitelos que tinham sido exportados pelo Mediterrâneo para a Turquia, mas que viram recusada a entrada no país por suspeita de estarem infetados com a doença da língua azul.

Depois de dois meses em alto mar, foram inspecionados por veterinários espanhóis, que não confirmaram a doença, mas decretaram que os animais estão inaptos para o transporte e devem ser abatidos.

A mesma sorte poderão ter outros 1800 vitelos que estão a caminho de Espanha noutro navio, depois de terem sido rejeitados pela Líbia pelas mesmas razões. Os animais deverão chegar ao porto de Cartagena na próxima semana.

Apesar de, em nenhum dos casos os vitelos terem desembarcado no país de destino original, o Ministério da Agricultura explicou que "tanto a Turquia como a Líbia não estão na lista de países terceiros autorizados a exportar animais vivos para a União Europeia".